Notícias

Acordes e versos para manter a saúde e se desenvolver

  • 01_capa

    Componentes do Coral Rede Batista

  • 03

    Aulas práticas de percussão

  • 02

    No piano, o diretor da Escola de Música, dr. Handel Cecílio

A música contribui para o desenvolvimento de crianças, jovens e adultos.

São muitos os benefícios da música. Além de proporcionar relaxamento, possibilita a integração social, desenvolvimento cognitivo, evolução da linguagem, estímulo à memoria e criatividade. É uma ótima atividade para a formação das crianças e um grande aliado para o emocional do adulto!

Para Handel Cecílio, diretor da Escola Batista de Música, unidade integrante da Rede Batista de Educação, a música é funcional. “Tocar ou ouvir música pode trazer muitos benefícios para a saúde, corpo e mente. Tanto que, atualmente é utilizada por médicos e terapeutas como tratamento, exemplo, a musicoterapia”, afirma o musicista.

O contato com a música ainda criança é muito importante, pois contribui para o desenvolvimento do indivíduo. Segundo resultados da pesquisa realizada na Universidade de Concórdia, no Canadá, pessoas que começaram a estudar música antes dos sete anos apresentam conexões neurais na idade adulta diferentes daquelas que começaram seus estudos musicais mais tarde.

Em Belo Horizonte, no Colégio Batista Mineiro, a iniciação musical começa no berçário com bebês a partir de 4 meses. Segundo o professor da instituição de ensino, Thiago de Carvalho, bacharel em música pela UFMG, as aulas desenvolvem na criança a sensibilidade musical, concentração, memorização, coordenação motora, sociabilização, acuidade auditiva, destreza do raciocínio, expressividade, criatividade, disciplina pessoal, equilíbrio emocional, dentre outras qualidades que colaboram na formação do indivíduo.

Já o diretor da Escola Batista de Música acredita que a música, além de contribuir para a socialização, tem o poder de disciplinar o indivíduo contribuindo para a consciência do ato de estudar. Isso porque é necessário a dedicação diária e por horas. “Por meio de pesquisas na área da neurociência, está comprovado que o estudo da música contribui para o estudo das demais disciplinas do currículo escolar”, completa Handel.

O estudo da música

Atualmente, existem pedagogias para o ensino musical desde bebês, passando pela musicalização infantil, instrumento musicalizador e demais faixas etárias: adolescentes, jovens, adultos e terceira idade.

“Na iniciação musical do Colégio Batista Mineiro estimulamos os bebês a partir da experimentação de instrumentos, repetição de padrões rítmicos e melódicos, percussão corporal (descoberta das potencialidades sonoras do corpo), estórias sonorizadas e brincadeiras musicais. As aulas têm duração de 30 minutos e não tem um padrão fixo. Todas as práticas saem da percepção e produção musical. A família é peça fundamental no desafio da educação. Com o comprometimento deles, os resultados são muito acentuados”, explica Thiago.

Na Escola Batista de Música, o musicista Handel Cecílio explica que as aulas são estruturadas a partir da teoria aplicada, ou seja, em cada lição parte da teoria musical é ensinada, somente o que é necessário para aquela música ou lição. “De forma muito prática, fácil e agradável fazemos com que o aluno produza e evolua musicalmente e rapidamente. São aulas muito dinâmicas e práticas”, conta o diretor, que acredita que a música só oferece ganhos a todos. “Além dos citados, não podemos esquecer dos adultos e da terceira idade. Com a música, eles mantêm mentes e corpos saudáveis, por meio dos exercícios mentais e dos movimentos necessários para tocar”, finaliza o diretor da escola de música.

Escola Batista de Música

A escola de música da Rede Batista de Educação foi inaugurada em 2017 e oferece
cursos de teclado, piano, violão, guitarra elétrica, canto, saxofone, violino, viola, violoncelo, contrabaixo, contrabaixo elétrico, bateria, flauta doce ou transversal, regência coral e orquestral, teoria musical e musicalização infantil.