IMPRENSA

Justiça Pela Paz em Casa ganha apoio da Faculdade Batista de Minas Gerais

  • NPAJ-FBMG

Um time profissionais e de múltiplos conhecimentos encontraram-se na Rádio CBM para discutir um tema até então pouco valorizado, apesar da sua importância e do investimento e divulgação.
Para o evento a Radio da Convenção Batista Mineira levou as conceituadas Dra. Maria Luiza Santana Assunção, juíza titular da 16ª Vara Criminal, a Profª. Dra. Maria Aparecida Vidigal, Coordenadora do Núcleo de Práticas e Assistência Jurídica da Faculdade Batista de Minas Gerais (NPAJ-FBMG) e Beatriz Braga – Psicóloga Clínica e Pós-Graduada em Neuroeducação, para participar do programa Nova Manhã, da Rádio CBM e falarem sobre a Semana Nacional JUSTIÇA PELA PAZ EM CASA.

Em entrevista concedida ao jornalista Ilimani Rodrigues e a Selma Simões, locutora da Rádio CBM, a Juíza Dra Maria Luiza trouxe informações sobre a semana de combate à violência doméstica, uma iniciativa do Conselho Nacional de Justiça – CNJ, marcada para os dias 20 a 24 de novembro.

Já a Dra. Maria Aparecida contou como o NPAJ trabalha nesse tipo de situação, destinando uma equipe de advogados para atender os casos. Muitas vezes, o tema também e debatido em sala de aula – entre os professores do curso de Direito e seus alunos, como parte da experiência aos futuros advogados e, dessa forma, possam tratar dos casos com maior propriedade de conhecimento.

Um dos pontos mais destacados dos casos, segundo a Psicóloga Beatriz Braga, é o sofrimento físico e psicológico que milhares dessas mulheres vítimas da violência doméstica precisam suportar, sendo esse um dos principais quesitos a serem tratados nas vítimas desse tipo de abuso.

De elevada qualidade, com profissionais capacitadas e com visão holística para avaliar os casos, o tema deverá virar debate na Faculdade Batista de Minas Gerais, com a participação das convidadas da Rádio CBM, docentes e alunos, afirma o Diretor Acadêmico Claudinei Franzini.