IMPRENSA

Processo de avaliação da Faculdade Batista de Minas Gerais gera melhores resultados no processo de graduação

  • download (1)
  • Destaque

A Comissão Própria de Avaliação (CPA) da Faculdade Batista de Minas Gerais iniciou na quarta-feira, dia 25 de outubro, o processo de avaliação institucional referente ao segundo semestre de 2017.

Conforme deliberação da CPA, o melhor método para obter os resultados desejados no processo seria mesclar os formatos na implantação da avaliação.

No primeiro semestre, a CPA realizou uma avalição quantitativa, envolvendo todos os alunos, colaboradores e professores da instituição de ensino superior (IES) para uma pesquisa ampla sobre diversos aspectos fundamentais para o bom funcionamento e efetividade na prestação de serviços educacionais.

A pesquisa é feita nos laboratórios da IES, através do uso do Sistema Acadêmico TOTVS, que disponibiliza a funcionalidade. Com base nos dados recebidos durante a primeira etapa, a Comissão reúne-se com a direção e os coordenadores, além dos setores de apoio envolvidos, para debater os resultados. A segunda etapa da avaliação institucional aconteceu no decorrer da semana do dia 25 de outubro, quando professores, colaboradores e representantes de turma foram convidados a dialogar sobre os resultados da avaliação referente ao primeiro semestre a fim de tornar os resultados mais precisos. Dessa forma, o trabalho final a ser apresentado à direção da IES poderá oferecer dados analíticos detalhados para que as providências necessárias sejam tomadas na construção de processo educacional democrático e de excelência.

Trata-se de um modelo certamente inovador, que trará, tanto para a FBMG quanto para aqueles que fazem parte do corpo acadêmico, a garantia de estarem construindo um caminho promissor para graduação.